Perda de Dados – 5 sinais de que sua empresa está correndo risco de parar

As empresas brasileiras ainda sofrem com a perda de dados e informações corporativas, mas em contrapartida, ainda resistem a dar a atenção necessária a este setor. A segurança de dados é uma das maiores preocupações entre as empresas de todo o mundo e é apontada como o maior desafio em TI para as próximas décadas. Logo, se você ainda não pensou a respeito, em breve terá que lidar com questões que envolvam a segurança de informações.

Nos últimos anos vivemos um momento pleno de transformações tecnológicas e de acesso a novos meios de comunicação, e isso reconfigurou o mercado, as relações pessoais e a vida como um todo. Para lidar com este grandioso fluxo de informações, é preciso dar atenção especial os métodos e sistemas de segurança da informação, uma vez que, em contrapartida, as ameaças também evoluem a passos largos – e podem fazer qualquer empresa parar quando não amparada por uma estrutura adequada de segurança.
Há indicadores e sinais de que a empresa passa por perda de dados e possui ameaças que podem lhe fazer parar a sua produção ou o atendimento a seus clientes. A perda de dados, dependendo do caso, pode ser um desastre à credibilidade do negócio e até mesmo à sustentabilidade financeiro da sua empresa, além de ser um obstáculo para competir com diferenciação no mercado.

É preciso conhecer de antemão as principais causas e falhas que podem levar à perda de dados da empresa – para isso, é indicado otimizar o gerenciamento adequado do TI, garantindo a segurança e o controle das informações estratégicas, impedindo vazamentos e brechas. Conheça 5 sinais de que a sua empresa está perdendo dados e veja como melhorar o tratamento destas informações.

1) A empresa não investe em segurança de dados

A sua empresa já passou por perda de dados após uma formatação necessário ou problemas técnicos? Os seus funcionários podem acessar todos os tipos de sites, mesmo já tendo ocasionado problemas técnicos quando a malwares e outros elementos nocivos oriundos da internet? A sua empresa já perdeu informações de cadastro de clientes? A rede está lenta aparentemente sem motivos? As licenças utilizadas na empresa são cópias ilegítimas? Há um setor de TI na sua empresa ou consultoria contratada para efetivar os seus processos tecnológicos? Todos estes são exemplos de que algo não vai bem quanto às informações privadas da sua empresa, e principalmente, quando à segurança de dados.

Assim, criar um plano de ação que coloque em perspectiva boas práticas de segurança de dados – comece categorizando as informações por grau de prioridade de proteção, indicando o tipo de proteção e as tarefas necessárias para implementar este planejamento, bem como aquisições, como serviços de backup, antivírus, bloqueio de determinados sites, etc.

DESTAQUE: 5 erros de TI que a sua empresa está cometendo e você ainda não percebeu

2) A empresa não dá muita atenção às ameaças on-line

As ameaças on-line ainda são os principais riscos contra a segurança de informações e podem ocasionar séria perda de dados. É a via de acesso de pessoas e programas mal intencionados às informações da empresa e de seus clientes.

Automatizar determinados processos de bloqueio a certos sites, implementar regras de conduta quanto aos dispositivos móveis particulares e implementar servidores próprios, com contas de e-mail corporativas, por exemplo, já ajudam a conter as ameaças vindas da internet e destes dispositivos.

Há muitos recursos no mercado que ajudam a identificar ameaças deste tipo e fazer uma análise quanto às causas da contínua perda de dados é essencial para qualquer empresa.

3) A sua empresa não possui a gestão de TI integrada

A gestão de TI deve ser integrada com outros setores da empresa e com o seu plano de negócio. Não tem como evitar a perda de dados se o setor de TI não sabe o que ocorre em todas as demais artes da corporação, as necessidades tecnológicas de cada segmento, o comportamento de seus usuários e a estrutura disponível para que sejam feitas ações preventivas e corretivas neste sentido. Se na sua empresa não há esta integração, com certeza ocorre a perda de dados.

perda de dados

Apenas com a integração da gestão de TI com os demais setores da empresa é possível atuar de forma preventiva, bloqueando ações antes que cheguem às últimas consequências. Desta forma, é possível apontar invasões e ameaças, implementar a solicitação de dados mais seguros de acesso à estrutura tecnológica, fazer o levantamento de necessidades de segurança, integrar sistemas e ainda captar informações importantes para a tomada de decisão.

4) Falta de capacitação e conhecimento dos usuários

A falta de cumprimento às regras, a falta de conhecimento e de capacitação dos colaboradores usuários podem efetivar a perda de dados em sua empresa. Por exemplo, os seus funcionários respeitam as limitações existente quanto ao acesso e ações indevidas? Como você sabe disso? Tem evidências? Há monitoramento de acessos – seja a sites ou áreas restritas? A gestão de senhas é feita corretamente – por exemplo, é solicitada a troca periódica? Seus colaboradores saber realizar backups? Quais ações que vêm ocorrendo quanto ao comportamento de funcionários que podem colocar os dados internos em risco? Estes questionamentos são válidos na hora de verificar se a perda de dados é oriunda do desconhecimento do colaborador. Investir em capacitação é uma forma de evitar problemas deste tipo.

5) Não ter infraestrutura adequada

É preciso ter um orçamento definido e contínuo para a proteção de suas informações sigilosas. Se a sua empresa vem enfrentando perda de dados é possível que não tenha a infraestrutura adequada para dar suporte às informações – que muitas vezes, por negligência, é impossível de serem recuperadas.

Aqui entra novamente a importância da gestão integrada de TI, que pode identificas as demandas e necessidades, com foco no negócio. Desta forma, será possível adquirir os recursos necessários para a segurança de dados – atualmente, há recursos que podem ser adquiridos com ótimo custo-benefício, até para as empresas menores e empreendedores individuais.

Print Friendly, PDF & Email
0 respostas

Deixe uma resposta

Promova o debate!
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *