Preconceito

Nos últimos dias as palavras mais escritas e pronunciadas são HOMOFOBIA, PRECONCEITO e INTOLERÂNCIA, se as pessoas que mais falam sobre isso soubesse o significado real dessas palavras não pareciam pejorativas, alias, não falta apenas compreender o real significado das palavras, falta compreender o mundo onde se vive, somos uma sociedade com divergências culturais, políticas, religiosa, e é muito comum haver divergência de pensamento.

Muito raramente encontramos nos mesmos que falam sobre homofobia, preconceito e intolerância, o respeito, respeito uns para com os outros em qualquer diferença existente, seja credo, cor, religião, etc.

Durante a vida, vamos conhecendo pessoas, culturas, opiniões, e a todo instante estamos elaborando conceitos sobre o que é por nós visto, seja através de muita ou pouca informação.

Alguns desses conceitos, podem ser interpretados como preconceitos, que geralmente são denominados como sendo uma opinião preestabelecida que possa ser prejudicial.

Mediante tantas diversidades de vida no mundo, os preconceitos também foram se diversificando: contra mulheres, obesos, imigrantes, deficientes, racial, religioso, linguístico, social, orientação sexual e muitos outros. A variedade de preconceitos se deve especialmente à grande dificuldade dos seres humanos entenderem e respeitarem o próximo de forma sensata.

Artigo 5º da Constituição Federal, estabelece que é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. Essa norma, na sociedade refere-se especialmente à liberdade de expressão como sendo o direito de cada indivíduo. Logo, pensar é existir, segundo René Descartes, pensar e manifestar esse pensamento é dado a todos por direito, a manifestação desse pensamento nunca foi nem é preconceito, preconceito é conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados, e recheado de sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão.

Portanto não pode ser denotado como preconceito a opinião de quem é contra o pensamento de outrem.

Se temos direito a ter opinião sobre algo, defender algum ideal, visto que estamos numa democracia, nós também poderíamos ser ideologicamente e filosoficamente contra alguma coisa, mas isso hoje é chamado de atitude homofóbica, aquele que não concorda com a filosofia gay; Homofobia é uma acusação séria, nós temos que analisar se é realmente isso o que está acontecendo.

Como se sabe “fobia” significa “medo”, “pavor”, no sentido de “repulsa”.

Ser contra o casamento gay não é homofobia, é apenas uma opinião contrária a essa atitude. Grande parte da população brasileira é conservadora e isso é fato.

Poderíamos classificar a homofobia como um manifesto de ódio aos gay, ser preconceituoso é agredir, seja de qual forma, verbal, física, etc. Sendo uma atitude de discriminação e violência.

Sou contra a legalização do casamento gay, por possuir ideais filosóficos e teológicos, conservadores, sou tradicionalista. O gay tem que ser tratado igualmente como um hétero é, tem que receber educação igualmente como um hétero recebe, tem que receber segurança igualmente como um hétero recebe, tem que receber saúde igualmente como um hétero recebe, sendo que, a prática homossexual ao meu ponto de vista, não pode ser expressa na sociedade como um ato “NORMAL”.  As pessoas tem que manter sua sexualidade dentro de sua intimidade, seja hétero ou homo.

Os grupos que apoiam o movimento gay dizem que os CRISTÃOS (católicos e evangélicos)por não aceitar tal posicionamento são intolerantes, preconceituosos e homofóbicos, na verdade o que há é uma tentativa de aplicar uma DITADURA GAY, quem não concorda, mesmo que de forma pacífica, é homofóbico, etc.

Estamos diante de um embate ideológico, de um lado quem defende valores cultivados na base familiar, na ética, nos princípios cristãos e em conformidade a carta magna do nosso país, baseado no respeito e mesmo discordando do pensamento e ações, amor ao próximo, do outro lado, quem sem capacidade intelectual de abrir diálogos, sem respeito a quem quer que seja, e impondo seus pensamentos como VERDADE ABSOLUTA, tenta de forma ofensiva, grosseira e estúpida fazer que com suas ideologias sejam aceitas como o absolutamente CERTO.

Cada cidadão deveria informar-se a respeito de tudo que se passa na sociedade para que possa formar sua opinião e não ser levado por uma imprensa tendenciosa, que em nada defende os princípios citados acima e sim seus próprios interesse, defende aquilo que atrai “IBOPE”, a qualquer custo.

Quantas pessoas que se dizem a favor dos “direitos gays”, conhecem de fato a PL 122? Será que tem capacidade ideológica de justificar tais PRIVILÉGIOS que esses grupos defendem? Pessoas que sem nenhum conhecimento técnico, acadêmico, psicológico, jurídico, etc acham-se o suprassumo do assunto e colocam-se totalmente a favor de um grupo e em detrimento de outro sem se quer ter ouvidos argumentos dos CRISTÃOS e dizem que nosso pensar já preconceituoso, e que dizer desse tipo de pensamento?

Eu pergunto, quem é realmente preconceituoso, agressivo, intolerante, eu e todos que defendem seus ideias filosóficos, éticas e morais de forma pacífica, aberta a diálogos, que de fato é maioria, ou uma minoria que quer a todo custo transformar os ideais morais de toda uma sociedade de forma agressiva e não ética?

Quem tem realmente desrespeitado o próximo com xingamento, ações agressivas, etc . Que alias parece ser a única coisa que sabem fazer, baderna. Os que mais falam de deito e de igualdade são os mesmos que tem tentado usurpar o direito alheio, os mesmos que tem criticado as instituições família e igreja são os mesmos tem “lutado ” pelo direito de constituir algo que diz-se está em decadência e extinção.

É contraditório, pessoas que se dizem cristãos e andam na contramão dos princípios bíblicos que é a raiz do cristianismo, pessoas que dizem amar a FAMÍLIA e que seus atos tendem a devastá-la.

Onde se ouviu falar que os cristão declararam guerra a algum grupo de pessoas, não concordamos com pensamento nem atitudes homossexuais, declaramos isso abertamente, mas nunca nenhum homossexual foi agredido por algum CRISTÃO, pelo contrario, é o cristianismo que tem sarado diversos males da sociedade como as drogas, é o cristianismo que tem fortalecido o casamento e evitado que crianças sofram com a separação dos pais.

Na maioria das igrejas cristãs há projetos sociais, projetos que cuidam e lutam por direitos humanos, dignidade e respeito.

As igrejas cristãs são um diferencial na comunidade onde estão inseridas. Qual o diferencial social, cultural, ideológico que as pessoas que apoiam os ativistas gay e o próprio movimento gay tem a trazer para todos se não um bem que apenas visa beneficiar uma única classe?

Quem é realmente preconceituoso, agressivo, intolerante?

Durante um culto em Belém/PA, o pastor e então presidente da CDH (Comissão dos Direitos Humanos) estava ministrando, e mais uma vez foi alvo de protestos. Dessa vez as manifestações rasgaram a nossa carta magna. Duas mulheres trocaram beijos dentro do local destinado ao culto, os locais de culto são protegidos pela constituição, o Movimento LGBT não tem respeito algum por aqueles que não pensam como eles.

Um grupo de jovens católicos do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira (IPCO) realizava uma campanha pacífica e ordeira contra o aborto e a ditadura homossexual, denominada Cruzada pela Família, no centro de Curitiba, no dia 14 de janeiro. Em determinado momento, começou a se formar um grupo numeroso de homossexuais e simpatizantes que passaram a agredir de diversas formas os jovens católicos.

Art 5º VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias; (Constituição Federal).

Isso se chama intolerância ao direito à liberdade de expressão.

Do ponto de vista cristão, essa luta não é contra pessoas, e sim contra pensamento e atitudes que segundo a bíblia é prejudicial a toda sociedade.

Louvo a Deus que ainda existe pessoas coerentes que tem o compromisso em expor a verdade, uma pequena olhada na internet e encontramos o contraste gritante entre os grupos.

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8

Se há algum louvor no que você defende, incentive seus filhos, pais e amigos a serem aquilo que você acha certo, bonito e correto.

Não sei quanto vós outros, mas eu e minha família serviremos ao Senhor.

Comentários
Print Friendly, PDF & Email
0 respostas

Deixe uma resposta

Promova o debate!
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.